Diário

13/02/2013 - 06:29 | Postado por:
25- Sonhar …e Trocar a roupa da Alma! …Isso é viajar!! 13/02/2013

 

Curitiba, início de janeiro de 2013. Após  a venda da Land, o Mauro já se preparando para seguir seus planos do projeto Meu Mundo Meu sonho, seguindo em direção à Nova Zelândia, resolvemos numa conversa informal, durante um “cafezinho”, dar um “pulinho até o Ushuaia. Desde que o conheço, ouço falar dos encantos do “fim do mundo” e de que o caminho até lá é uma viagem inesquecível.

Como o único carro disponível era o Polo 2000, bem usadinho, mas, bem conservadinho, o plano seria fazer uma boa revisão e ir seguindo no rumo Sul. Até onde a competência do motorista e o carro aguentasse, onde quer que chegássemos, estaria ótimo. O que não faltaria é vontade de …sair! E, dia 10/01, ás 17 horas, porta-malas cheio de apetrechos e coração lotado de alegria e esperanças, levantamos âncora.  O Mauro logo veio com uma crítica: “Pra que tanto sapato de salto alto!!???… olha o tamanho dessa mala!!! “ “…Ah, vai que eu precise daquela bota …??? Bem que o Allysson me avisou, mas… Até onde a disponibilidade do tempo vai nos permitir, e a mecânica do carro, ainda com tudo original, vai aguentar? Uma ultima olhada do Tiago e do Vi meio incrédulos…- “ será que chega??” O Teimoso de 4 rodas foi vendido, mas o que ficou, é muito melhor … e mais teimoso, e, como diz a música da Marisa Monte “seus pés me abrem o caminho, eu sigo e nunca me sinto só”.

Sabíamos dos riscos de não poder cumprir o sonho de chegarmos juntos ao Ushuaia! Viajar … trocar a roupa da alma! Era só isso p que buscávamos!

Fizemos um pit-stop nos amigos Junior e Adriana em Blumenau.  Dia seguinte, chegamos a Gramado ainda com enfeites do Natal. Romântico e chique…e caro! Vinho, fondue e resolvemos passar a noite em Canela. Saímos cedo, Chuí, fronteira com o Uruguai, minha primeira experiência de aduana, trocar pneus,  passaportes em dia. Punta Del Este, Montevidéu e a encantadora Colônia Del Sacramento… a parte boa da viagem já começa aqui! Vestir as ideias, aguçar os sentidos! Colônia Del Sacramento é inspiração para o imaginário …”felizes para sempre ” … e ter a noção perfeita do que significa – momento presente que se faz perfeito a todo instante! Lojas com artesanatos, história, o apaixonante por do sol, misticismo, cristianismo e pessoas de diferentes etnias, que por ali se misturam e se cruzam com sorriso nos lábios. E com a extrema necessidade de se comunicar.

Dentro do Buque bus para Buenos Aires cai a primeira fixa, já estávamos bem longe de casa RSS… Argentina.   De onde vem, para onde vão? Parecem falar todos a mesma língua, a da Aventura. Não importa como, mochileiros sentados no chão, ciclistas, motoqueiros, empresários sedentários, aposentados, famílias e crianças curiosas.

Tudo segue normalmente,  até o primeiro “Uauuu, quando depois de adentrar a Patagônia Argentina me deparo com a maravilha natural de Bariloche… rssss me senti eu uma criança curiosa. Já era fim de tarde e hora de esquecer um pouquinho do conforto dos hotéis e montarmos uma aconchegante barraca, no camping Petúnia! Dois dias e 3 noites perpetuados no coração.

Motivada a conhecer cada pedacinho, o Mauro não se continha em me levar a todos os lugares e provar tudo o que já fizera antes, até a tão comentada sopa de “calabaza”. Registrar cada suspiro como se isto fosse possível, mas deixei pessoas que aguardavam de longe, serem guiadas a compartilhar desta alegria. Saímos logo cedo, para percorrer os caminhos sinuosos dos 7 lagos, formados por nascentes e glaciares. Famílias inteira e ciclistas  partindo para o Circuito Chico e o primeiro “ UHUUU …..”, do alto do teleférico,  onde se contempla uma das vistas naturais mais lindas do mundo. Fotos, vídeos, uma paradinha para um café, para uma profunda reflexão, de quem somos diante da imensidão de mundo a nossa frente, lembramos de todos que ali já estiveram, e pensamos em todos que gostaríamos que estivessem  ali conosco. Em junho de 2011 um vulcão…arrasou as cidades de Vila Angostura e San Martin  de Los Andes, porém em nada influenciou na sua infraestrutura e o turismo daquela região já está a pleno vapor.

O lado burocrático não dá pra deixar de citar, aduanas, filas, cambiar moedas, e fotos, mais fotos…e vídeos.

Para sair de Puerto Montt em direção à Carretera Austral, não tivemos como embarcar junto com o carro. Então fomos de avião para retomá-lo em Puerto Chacabuco.  Falamos varias vezes de como seria a vista de cima, e a imprevista oportunidade chegara. Filmamos e fotagrafamos do celular mesmo, afinal todo o equipamento ficara dentro do  carro.

Quando fomos almoçar em Coiayque, pedi uma cerveja da região, enquanto isto … caraca…!!!!! Pensamentos, lembranças e desejos, tudo junto e misturado…rsss! Transbordei e não me envergonho, chorei! Chorei muito mesmo, o inesquecível se revelou ali mesmo no restaurante! Não dormi naquela noite, pois além de tudo o que me esperava para o dia seguinte era o Majestoso Osorno, a “Carretera Austral” o arrepio era no corpo, porque o frio desta vez era na barriga, que só acabou ao avistar o lago General Carrera.

Definitivamente contar não é o mesmo que ver, ou  viver. E quem me conhece sabe o que me é entrar num barco. Mas … deixar de ver as Capelas de Mármore? Capaz!!! Afinal eu sou a Nave Mãe, se não sou exemplo pelo que sou, tenho de ser pela coragem de não desistir né!

Chegamos ao inicio da noite em El Calafate e, para pedir informações num hotel, no entusiasmo entramos na contramão e um Gaudério Argentino veio chamar atenção: -“ Neste país não se pode “hacer” assim, esta manobra que… se repetir lhe tomo a carteira e não dirige mais na Argentina!!” …o que responder, o que esperar?? Rsss….

Estamos viajando e cada momento, se ruim ou triste, foi ou será perfeito também. El Calafate! Ali encontrei a magia dos duendes,vento,frio e mais fotos abismada com o Glaciar Perito Moreno. Todas as noites se fechavam com um brinde e todos os dias se abriam com expectativas.

Mas no Camping Pehoé em Torres Del Paine, o dia fechou com uma comemoração a altura do feito! Montamos nossa  barraca á meia noite, com vento de 90km/h, depois de uma garrafa de um bom vinho chileno! O vento trazia  poeira como se fosse jorradas de água. O frio fazia doer os ossos. O que não mata fortalece, a beleza do lugar faz tudo valer a pena! Ao  amanhecer estava muito frio e chovendo. E tínhamos que seguir o sonho do Ushuaia!!

Quando deixamos Punta Arenas continuava chovendo, e na travessia do Estreito de Magalhães tive que me superar. Eu “ tenho pavor de água”!! Calada para não olhar o mar, afinal o Mauro me dissera que nunca tinha passado por ali com o mar tão agitado antes. Filmando e dizendo a mim mesma :…”estou lendo um livro, cujo autor é a natureza, e quem edita é o tempo!”

Descer de um Barco e avistar uma placa “ BIENVENIDOS AL FIN DEL MUNDO” não tem nada de engraçado. Mas pra mim foi muito mais do que isso.

Estava louca pra chegar, conhecer, ver, viver cada momento, registrar a vida efêmera, o eterno é agora. Muitas novidades mesmo para quem percorreu este caminho várias vezes, pois a natureza se renova a cada instante. Ushuaia “A Terra do Fogo”, soa meio sombrio falar  assim, no entanto a história por trás daquela cidade é magnífica. Muitas lendas, estórias, sonho e realidade de um povo…uma ilha, comprimida entre os Andes e o Mar.

Passamos por milhares de kilometros improdutivos ao ser humano, racionamento de água, escassez de comida, deserto e praias de pedras com suas águas frias. Daqui, mesmo desfrutando turisticamente de suas reservas naturais, se tem uma noção do que, no nosso país, ainda não sentimos ou sofremos as consequências causadas pelas mudanças climáticas. Para a Patagônia se desce com o desapego, mas se volta com um patrimônio a ser cultivado eque  nos da ainda mais forças, diante das dificuldades a serem superadas. Viver a vida, fazer o que tem de ser feito.

Existe um termo usado para  honrar aqueles,  que percorrem, por terra, do  Ushuaia ao Alaska: “ Fazedores de Chuva”!!

Todos temos sonhos e alma de viajante. Que sejam, 10 ou 10.000 Km. Basta Sonhar! E realizar o que pudermos enquanto vivermos!

Não importa a distância, somos TODOS Fazedores de Chuva!!

Viajar ….é trocar a roupa da Alma!!

Estamos de Roupa Nova! Sou o que me orgulho de ser…

 

…Um eterno aprendiz!

E a vida!
E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão
Ela é a batida
De um coração
Ela é uma doce ilusão
Mas e a vida
Ela é amar
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão…

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota é um tempo
Que nem dá um segundo…

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor…

Você diz que é luta e prazer
Ele diz que a vida e viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer…

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der ou puder ou quiser…

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
Só saúde e sorte…

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita…

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz…

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita…

Gonzaguinha

- Post editado por Rosiane Godk