Diário

06/05/2012 - 04:25 | Postado por:
2- Tempo de Ir … – 06/05/2012

Finalmente chegou o dia da partida! …03/05

Após a viagem de teste a Foz do Iguaçu, fiz os acertos necessários, e …. cafés e cafés com familiares, hora de colocar tudo dentro do carro e partir.

Filhos ajudando, fomos colocando as caixas de escovas de dentes, quatro, as caixas com os mapas-múndi e do corpo humano, mais seis, as roupas de cama – dentro do carro tem lugar para até quatro pessoas dormirem – mais umas 5 caixas de brinquedos para doação, arrecadados pela Lena e Mara, mais mochilas com filmadora e maquinas de fotografia, mais uma caixa com peças sobressalentes, gentilmente cedidas pela Euro Import, algum material de limpeza e higiene – uns creminhos – e alguma roupa, duas calças, três bermudas, bota, chinelo, umas panelas, e ……não cabia mais nada !!! Vou passar um bom tempo arrumando tudo.

Difícil sair!

Ainda mais quando se tem uma família grande. Todos querem dar um ultimo abraço, beijo, palavras de incentivo, um santinho milagroso, uma foto especial. Entre um e outro, inevitável que a voz fique embargada e os olhos denunciem  a emoção contida.

Após me despedir de todos os presentes, esperei que fossem para suas casas. Fiquei só. Lembrei de cada um dos  que não puderam se despedir. Um momento especial. O início da realização de um sonho tamanho do mundo.

Não deixo ninguém para traz. Trago cada um, acomodado numa janela do coração.

Ás 08:00 horas da noite do dia 03/05, liguei o motor e parti. Rumo, meu sonho!

Ao entrar na estrada, fiz soar a buzina, três vezes, bem longas. Do outro lado da pista dupla, alguém acenou.

Nos primeiros quilômetros, segui em silêncio. Gosto de capitalizar os momentos especiais. Na cabeça rodavam as lembranças.  No coração, um aperto incômodo.

Resolvi ir ao norte passando antes por Guaíra.

Lá pela 1:30 da madrugada, o cansaço veio rápido. Parei junto a um Posto da Polícia Rodoviária. Afastei umas caixas para poder passar no corredor, tirei umas sacolas de cima do sofá-cama, puxei um cobertor e…apaguei.

Dia seguinte, 04/05 acordei com vozes de crianças tagarelando ao redor do carro. Oito horas!

Cheguei cedo em Guaíra. Resolvi ficar e dar uma arrumada dentro do carro e dormir num hotel, pra tomar um bom banho, fazer a barba e jantar uma comidinha especial antes de iniciar a minha sequência de “miojos” e afins.

Dia 05/05, pra ir acostumando com as longas distâncias,  já andei um pouco mais. Fiz 840 Km, de Guaíra a Sonora-Ms.

Sol ardido, só parei pra abastecer. Comi amendoim e tomei água.

Já estou me acostumando com a condução da Land e seu câmbio de 6 marchas. É uma beleza. Anda em sexta marcha, em dois mil giros, a 100Km/h. Acho que vamos acabar fazendo média de mais de 10 Km/litro.

Até aqui o moral da tripulação é bastante elevado. Pra quem não sabe, até o momento, no “Teimoso” seguimos juntos eu e o “Fiapo”, uma espécie de “agente secreto”.